ULTIMAS NOTÍCIAS
By Silvano Silva ✔ | sexta-feira, 20 de abril de 2018 | Posted in | With 0 comments
O São João de rua em Mari/PB, cidade localizada na mata paraibana, terá, no dia 09 de junho, a segunda edição da festa junina Luiz Gonzaga, que será realizada na rua Antônio de Luna Freire, com a organização de Tânia Silva e Maria da Barraca Rio. “Vamos realizar mais uma edição do São João, festa junina Luiz Gonzaga, da rua Antônio de Luna Freire em Mari. Vamos repetir em disse melhor, o que aconteceu ano passado, como forró pé-d-serra, quadrilhas juninas, sorteio de balaio junino e brindes e o tão esperado concurso de forró”, destacou Tânia Silva, coordenadora da festa.
O evento está sendo formatado para o dia 09 de junho e terá em sua programação a apresentação de quadrilhas juninas, concurso de forró, sorteio de brindes, barracas típicas e o forró-pé-de-serra, com o forró original, sobretudo com o repertório voltado para as músicas do Rei do Baião Luiz Gonzaga. Também será sorteado um balaio junino com os presentes ao evento.
“Para realizar a festa junina Luiz Gonzaga, vamos buscar apoio junto a prefeitura municipal de Mari, através do prefeito Antônio Gomes, que tem dado apoio aos eventos juninos, e junto aos amigos (as) do comércio local, que costumam apoiar a cultura popular, já que os festejos juninos buscam promover a tradição do povo”, declarou Tânia Silva.
“As atrações da festa estão sendo confirmadas e me breve serão divulgadas”, informou Maria da Barraca Rio.
Ano passado, a festa junina “Luiz Gonzaga”, da rua Antônio de Luna Freire, reuniu em torno de 5 mil pessoas. “Esse ano esperamos mais gente, já que agora o evento virou tradição”, disse Maria da Barraca Rio.
Ofarol
By Silvano Silva ✔ | terça-feira, 17 de abril de 2018 | Posted in | With 0 comments
Polícia prende sete suspeitos com drogas, no Litoral da Paraíba
A Polícia Militar registrou apreensões de drogas no Litoral e no Sertão do estado, durante ações, nessa segunda-feira (16). Foram presas sete pessoas envolvidas diretamente com entorpecentes em seis cidades da Paraíba.

Por volta das 16h, na rodovia estadual PB-048, entre as cidades de Juripiranga e Pilar, municípios que ficam a cerca de 75 quilômetros de João Pessoa, a Polícia Militar em ação conjunta com a Polícia Civil, conduziu dois suspeitos, sendo um adulto de 22 anos, e um adolescente de 14. A dupla estaria em uma moto e, quando visualizou a barreira policial montada na rodovia, tentou fugir. Os suspeitos foram encontrados dentro de um canavial e estavam com cerca de um quilo de substância semelhante à maconha. Os dois foram levados, junto com a droga, para a Delegacia de Itabaiana.Na apreensão mais recente, que ocorreu em Santa Rita, por volta das 18h, a PM prendeu um suspeito de 35 anos que tentou fugir ao perceber a presença dos policiais durante ações preventivas no distrito de Várzea Nova. Com ele, os policiais encontraram pedras de substância semelhante ao crack e, na sua casa, outras pedras da mesma droga, além de dinheiro trocado. O suspeito foi conduzido para a 6ª Delegacia Distrital.
No fim da manhã, no município do Conde, região metropolitana da Capital, a PM apreendeu cerca de 2 quilos de substância semelhante à maconha, distribuídos em diversos formatos. A droga estaria com uma dupla que fugiu ao perceber a presença da PM, que já estava fazendo diligências em um loteamento na região, em busca de suspeitos de tráfico. Também foram encontradas duas balanças de precisão. Todo o material foi encaminhado para a Delegacia do Conde.
Apreensões no Sertão – Em Sousa, no fim da tarde, os policiais abordaram uma mulher com 24 anos em uma praça pública e encontraram com ela 19 pedras de material análogo ao crack e uma trouxa de maconha. Em Teixeira, foram cerca de meio quilo de maconha apreendida com um adolescente de 17 anos, que tinha dividido a droga em quatro porções.
Em Patos, aproximadamente às 16h, foi registrada a apreensão de quatro unidades de maconha e sete de crack que estavam com uma mulher de 26 anos que possuía um mandado de prisão em aberto. Na mesma cidade, na madrugada do domingo para segunda, a PM prendeu um suspeito de 18 anos que estava com 33 trouxas de cocaína e uma de maconha, durante abordagem a veículo em uma região da cidade conhecido como Frango. O suspeito ainda tentou se desfazer de parte dos entorpecentes antes da aproximação da Polícia, mas foi flagrado.
Pbagora
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments
Citação de Lucélio como ‘funcionário fantasma’ mexe com estratégia da oposição
O pré-candidato das oposições ao Governo da Paraíba, Lucélio Cartaxo (PV), que já foi presidente municipal do PSD em João Pessoa, ainda figura entre os 25 assessores lotados no gabinete do deputado federal Rômulo Gouveia (PSD), recebendo a bagatela de mais de R$ 15 mil/mês. Os dados estão no Portal da Transparência da Câmara Federal.

A suspeita é de que o irmão do prefeito Cartaxo seria uma espécie de funcionário fantasma, já que não teria local de trabalho fixo nem em Brasília, onde o deputado Rômulo atua, nem na Capital, já que sequer é mais filiado à legenda do parlamentar. A informação não é nova, porém a prática ainda deixa suspeitas que até hoje nem foram explicadas nem comprovadas. 
Ainda conforme dados do Portal da Transparência da Câmara Federal, Lucélio Cartaxo está lotado como assessor de Rômulo Gouveia desde dezembro de 2015, mesmo ano em que ele e o irmão deixaram o PT para se filiar ao PSD.
Assim que entrou no PSD, Lucélio assumiu a função de presidente do Diretório Municipal na Capital e, desde então, não há registros de que tenha assumido outros cargos públicos.  Ele já foi superintendente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) na Paraíba e presidente da Companhia Docas do Governo do Estado.
À época da denúncia dando conta do suposto vínculo fantasma, o prefeito Cartaxo chegou a declarar que seu irmão gêmeo dava sim expediente em Brasília, Capital Federal, mas não disse onde nem o horário do expediente.
“Ele trabalha lá, dá expediente, está valorizando o trabalho do deputado federal Rômulo Gouveia que está trabalhando muito pelo estado da Paraíba”, disse na ocasião.
Já Lucélio, até agora, não apresentou, oficialmente, provas sobre seu local de trabalho, suas atribuições e nem informou qual é a carga horária de expediente que justificasse uma remuneração tão pomposa, que chega a ser maior de que o subsídio de centenas de prefeitos e vereadores distribuídos pelo Brasil afora e 15 vezes maior que o valor pago a um trabalhador assalariado com carteira assinada. 
Em um cálculo rápido, nesses quase três anos de vínculo, entre vencimentos, férias e décimo terceiro, Lucélio já embolsou aproximadamente R$ 400 mil reais da Câmara Federal.
Segundo apurou a reportagem do PB Agora, o envolvimento do nome de Lucélio Cartaxo como um suposto funcionário fantasma já começa a mexer com as estratégias da oposição. Uma fonte do grupo informou que a possibilidade de a oposição repensar a estratégia de lançá-lo candidato ao Governo da Paraíba é real.
Em vez de plano L, o grupo pode ressuscitar o plano P, com Pedro Cunha Lima na disputa pelo Governo e Cássio ao Senado, continuando com a chapa familiar.
Já Lucélio retornaria ao plano original de tentar disputar uma das 36 vagas na Assembleia Legislativa da Paraíba.
A reportagem do PB Agora tentou entrar em contato com Lucélio, mas ainda não obteve êxito, para falar sobre o caso.

VEJA DOCUMENTOS QUE COMPROVAM VÍNCULO DE LUCÉLIO
PB Agora
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

Um dia após a veiculação de uma reportagem sobre a Operação Cartola, que investiga uma possível manipulação de resultados no futebol paraibano, no programa Fantástico, da TV Globo, a Federação Paraibana de Futebol e o Botafogo-PB resolveram se pronunciar.
Sem ser citada na matéria, a entidade que comanda o futebol do estado aproveitou para se eximir de qualquer responsabilidade e afirmar sua inocência diante das investigações.
Em nota, a FPF reiterou que o TJDF-PB e a Comissão de Arbitragem, citadas na veiculação, são autônomas e não sofrem interferência da Federação, que está à disposição da Justiça para esclarecer os fatos e que já havia liberado o sigilo das contas da entidade e do presidente Amadeu Rodrigues, que estão na lista de investigados pela Polícia Civil e o Gaeco.
Já o Botafogo-PB foi mais duro em sua resposta. Pela abordagem da reportagem, que cita três partidas do campeonato de 2018 em que o time da estrela vermelha havia sido favorecido, o clube fica como vilão e único responsável pelas irregularidades que ainda estão em fase de investigação – além do fato que a lista dos investigados tem 80 nomes, incluindo os dez clubes que disputaram a primeira divisão do estadual -, por isso, o texto critica a maneira que foi feita a matéria, e também reafirma que prestará todos os esclarecimentos necessários para provar a inocência do clube e dos dirigentes.
Confira a nota da FPF:
Confira a nota do Botafogo-PB:

Voz da Torcida 
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

A França "não declarou guerra" à Síria, afirmou neste domingo (15) o presidente francês, Emmanuel Macron, depois que seu país, junto com Estados Unidos e Reino Unido, realizou bombardeios coordenados na Síria.

Em uma entrevista na televisão, Macron pediu que encontrem uma solução política à guerra na Síria que inclua todos os atores do conflito. O presidente francês também disse na entrevista que "convenceu" o presidente americano Donald Trump a "permanecer no longo prazo" na Síria.

"Há 10 dias o presidente Trump dizia que os Estados Unidos considerava deixar a Síria (...), o convencemos de que era necessário permanecer no longo prazo", declarou Macron. "Temos total legitimidade internacional para agir nesse contexto", disse Macron em entrevista transmitida pela BFM TV, pela rádio RMC e por mídia online. 
Em determinado momento da conversa marcada por uma forte tensão, Macron interpelou seus dois entrevistadores: "Vocês ouviram que declaramos guerra a Bashar Assad? Não. Essa é a diferença a respeito do que se fez na Líbia ou no Iraque".
"Tivemos êxito no plano militar: todos os mísseis lançados atingiram seus alvos, as capacidades químicas do regime sírio foram destruídas e não houve nenhuma vítima colateral", disse Macron.

"Atuamos para que não se viole mais o direito internacional, assim como as resoluções da ONU", acrescentou, lembrando que em setembro de 2013 o Conselho de Segurança aprovou uma resolução que autorizava o uso da força em caso de uso de armas químicas na Síria. "Temos três membros do Conselho de Segurança (das Nações Unidas) que intervieram", afirmou.

Para o presidente francês, após o último ataque supostamente com cloro em Duma, no dia 7 de abril, "tínhamos chegado a um momento no qual o bombardeio era indispensável para poder devolver a credibilidade à palavra da comunidade internacional".

Para Macron, a ofensiva contra três supostas instalações químicas permitiu também aos países ocidentais "recuperar a credibilidade perante os russos", a quem culpou de serem "cúmplices" no fracasso da comunidade internacional em evitar o uso desse tipo de armamento na Síria.

"Os russos bloquearam constantemente as votações (no Conselho de Segurança). São cúmplices. Não utilizaram o cloro, mas construíram metodicamente a incapacidade da diplomacia internacional", criticou Macron.

Encerrada por enquanto a fase militar, o presidente francês ressaltou a importância de dar um novo impulso aos esforços diplomáticos para encontrar uma solução política negociada à guerra síria.

Segundo Macron, o único compromisso militar que a França tem na Síria é a luta contra o grupo terrorista Estado Islâmico, que está por trás dos principais atentados que o país sofreu nos últimos anos.

Macron defendeu que o papel da França na crise síria é "poder falar com todo o mundo", razão pela qual disse que tentará convencer Rússia e Turquia a participar de conversas que alcancem uma solução política pactuada.

A entrevista representou a primeira aparição pública do presidente francês depois dos bombardeios, sua primeira ordem no terreno militar desde que ganhou as eleições presidenciais há agora um ano.

O parlamento francês realizará nesta segunda um debate, em uma sessão sem votação, para abordar o bombardeio no qual participaram as forças armadas francesas.

Boa parte da oposição, desde a esquerda radical de Jean-Luc Mélenchon à extrema-direita de Marine Le Pen, passando pelo líder dos conservadores, Laurent Wauquiez, tem se manifestado publicamente contra a intervenção francesa e acusado Macron de atuar sob as ordens dos Estados Unidos. (Com agências internacionais)
UOL 
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

O município com maior concentração de mortes por câncer, total de 45%, é Serra Grande, no Sertão do Estado (Foto: Reprodução)

O câncer já se tornou a principal causa de morte em 15 municípios paraibanos, de acordo com o Observatório de Oncologia, que analisou o Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) referente ao ano de 2015. O município com maior concentração de mortes por câncer, total de 45%, é Serra Grande, no Sertão do Estado.
A doença avança a cada ano, de acordo com o Conselho Federal de Medicina (FCM). Em pouco mais de uma década, as neoplasias devem ser as responsáveis pela maioria dos óbitos no Brasil, caso o avanço seja mantido.
“O aumento da mortalidade pela doença aqui está relacionado, também, às dificuldades enfrentadas pelo paciente para o diagnóstico e para o acesso ao tratamento. Diversos tipos de câncer são preveníveis e outros têm seu risco de morte significativamente reduzido quando diagnosticado precocemente. Nosso objetivo é alertar e engajar os múltiplos atores a somarem esforços no combate ao câncer”, destacou a coordenadora do movimento e presidente e da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE), Merula Steagall.
Confira os municípios paraibanos onde o câncer é a principal causa de morte:
Poço de José de Moura (31%);
Marizópolis (19%);
Vieirópolis (28%);
São Francisco (29%);
São Sebastião do Umbuzeiro (33%);
São José de Espinharas (33%);
Mato Grosso (33%);
Nova Palmeira (22%);
Serra Grande (45%);
Sossego (25%);
Carrapateira (31%);
Lastro (23%);
Areia de Baraúnas (43%);
Coremas (23%);
São João do Cariri (28%).

Clickpb.
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments


A gestão é ruim ou péssima para 70% da população, mesmo índice registrado no levantamento anterior, do fim de janeiro. Os percentuais de regular (23%) e ótima ou boa (6%) também se mantiveram estáveis.
Nos primeiros meses deste ano, o presidente tentou melhorar sua imagem —até se lançou pré-candidato à reeleição, gesto visto como tática para se manter sob os holofotes no período eleitoral—, mas as taxas do governo não mudaram. O emedebista alcança 2% das intenções de voto, segundo o instituto.
​Em janeiro, em entrevista à Folha, Temer disse que não vai concluir seu mandato com a pecha de um "sujeito que incorreu em falcatruas". Em março, dois de seus melhores amigos foram presos, numa investigação que apura irregularidades envolvendo o porto de Santos e um decreto do presidente para o setor portuário.
Também em janeiro, Temer foi ao programa de Silvio Santos, no SBT, defender a controversa reforma da Previdência. Em fevereiro, a votação das novas regras de aposentadoria foi suspensa, e o governo federal decidiu fazer intervenção na segurança pública do Rio.
O presidente afirmou no início do ano que parte da rejeição ao seu mandato acontece porque as pessoas "não vão com a sua cara" e pediu que os eleitores façam uma "análise fria" de sua gestão.
A pesquisa foi feita entre os dias 11 e 13 de abril, após um ano e 11 meses de Temer no cargo. O Datafolha ouviu 4.194 pessoas em 227 municípios do país.​
A nota média do governo subiu levemente em relação a janeiro: foi de 2,6 para 2,7. A gestão ganhou nota zero de 41% dos entrevistados; 2% deram a avaliação máxima (dez pontos).
A pesquisa mostrou ainda que a corrupção voltou a ser apontada como o principal problema do país —é citada por 21%. Seis meses antes, saúde liderava, com 25%.
Folha Folha de São Paulo
By Silvano Silva ✔ | sábado, 14 de abril de 2018 | Posted in | With 0 comments
A ação aconteceu durante reforço do policiamento e intensificação de abordagens e incursões em localidades.
A Operação Cidade Segura, realizada pela Polícia Militar, conseguiu apreender, na noite desta sexta-feira (13), três armas de fogo, cerca de três quilos de drogas e dois adolescentes, na cidade de Mamanguape, litoral norte do estado. A ação aconteceu durante reforço do policiamento e intensificação de abordagens e incursões em localidades.
Por volta das 17h30, policiais da 2ª Companhia Independente (CIPM) receberam informações de que dois suspeitos estariam em uma localidade comercializando drogas. Durante a abordagem, os suspeitos, que estavam em frente a uma casa, tentaram fugir, mas foram detidos pela PM. Os dois eram adolescentes, estavam com papelotes de maconha, pedras de crack e dinheiro trocado. Na casa, os policiais encontram mais entorpecentes, três armas de fogo, sendo duas pistolas e um revólver calibre 38, além de munições.
Entre os entorpecentes apreendidos foram dois quilos de substância semelhante a crack, um quilo de substância semelhante à maconha, além de balança de precisão, dinheiro e celular. Todo o material e os adolescentes foram encaminhados para a Delegacia de Mamanguape.
AÇÕES NA CAPITAL - A Operação Cidade Segura ocorreu em toda a Paraíba, contando com mais de 480 policiais e cerca de 150 viaturas que reforçaram a segurança em ações com blitzen, checkpoints e incursões em comunidades. Ainda na noite desta sexta-feira, foram apreendidos, na zona sul de João Pessoa, um revólver calibre 38, mais de um quilo de substância semelhante à cocaína, e foram presos três suspeitos, que já tinham passagens pela polícia. Todos foram apresentados na Central de Flagrantes, no bairro do Ernesto Geisel.


Com T5
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments
Bayeux: PM desarticula boca de fumo e apreende quase 10 kg de maconha
A Polícia Militar desarticulou um dos principais pontos do tráfico de drogas, na cidade de Bayeux, e apreendeu 10 kg de maconha e um revólver, na manhã deste sábado (14).

A PM encontrou parte das drogas enterrada no quintal e a outra parte, escondida embaixo de uma cama, juntamente com a arma. Todo o material apreendido e o preso foram levados para a 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita.A apreensão foi realizada pelos policiais da Força Regional, com indicação da Coordenadoria de Inteligência (COInt) da PM. No local, que fica no bairro de Tambay, foi preso um jovem de 18 anos. Ele estava na casa que seria usada nas atividades do tráfico, para armazenamento e venda de entorpecentes.

Com aPM
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments
Gravação do DVD do Renan da Resenha! Mais do que um grande paço para o futuro. Será a realização de um sonho poder mostrar minha alegria a todo Brasil

Onde:

Teatro Pedra do ReinoJoão Pessoa - Paraíba

Entrada:

R$ 20 (meia) | R$ 40 (inteira)Venda no local

Data e Horário:

14/04/2018 - 19:00

Classificação:

18 anos 







                      Clickpb
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments

Segundo os vereadores, as portas estavam trancadas a cadeado e corrente em horário de sessão
Os parlamentares também acusam Faguinho de estar guardando documentos legislativos na sua casa (Foto: Reprodução)

Os vereadores do grupo de situação do município de Triunfo, no Sertão da Paraíba, acusaram o presidente da Câmara Municipal, Faguinho Lisboa (PSB), de trancar a casa legislativa em horário regimental e deixar os parlamentares do lado de fora.
Os parlamentares também acusam Faguinho de estar guardando documentos legislativos na sua casa, sem permitir que a bancada de oposição à sua gestão tenha acesso.
No mês passado, Faguinho Lisboa e os demais vereadores da Câmara de Triunfo protagonizaram uma confusão durante uma sessão que terminou com a presença da polícia, luzes apagadas, público expulso e uma conturbada votação que decidiu pelo afastamento do presidente..
Clickpb.
By Silvano Silva ✔ | | Posted in | With 0 comments
RIO - O pré-candidato do PSL à Presidência da República Jair Bolsonaro deu entrada nesta sexta-feira no Hospital Central do Exército, no Rio de Janeiro. Segundo a sua assessoria de imprensa, Bolsonaro teria passado mal ainda no aeroporto de Roraima, onde se reuniu com lideranças locais.
Ainda de acordo com a assessoria dele, o deputado passou mal por causa do intenso ritmo de trabalho, após passar quase uma hora fazendo uma carreata em Boa Vista sob sol forte. Bolsonaro já está em casa e passa bem.
Também nesta sexta-feira, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou uma denúncia ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o deputado por racismo. Um dos filhos de Jair, o também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), foi denunciado, em outro processo, por ameaçar uma jornalista.
A acusação contra Jair Bolsonaro foi baseada em uma palestra que ele deu no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em abril do ano passado. Para Raquel Dodge, ele demonstrou preconceito contra quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs.
Uma das frases questionada é a que ele diz que visitou um quilombo e que os moradores de lá "não fazem nada" e "nem para procriador servem mais". A procuradora-geral considerou essa declaração "inaceitável".
O Globo